Mar 31, 2015, 11:57 AM

Kawasaki Ninja H2 custa R$ 120 mil no Brasil

kawasaki br

A Kawasaki começa a vender a partir desta semana em suas lojas brasileiras a nova superesportiva Ninja H2. Apesar de ser o Dia da Mentira, seu preço não é nenhuma brincadeira: R$ 120.000. As entregas começarão apenas em junho. Porém, a moto entrega seu valor de volta com tecnologias de ponta.

Para começar, seu grande diferencial diante das diversas esportivas de 1.000 cm³ no mercado é a adoção de um compressor de ar mecânico acionado em última instância pelo virabrequim. Graças à manobra, a H2 oferece 200 cv de potência e 13,6 kgfm de torque. Força que chega à roda traseira por meio de um câmbio de seis velocidades com Quick Shift, sistema que permite a troca de marchas sem o uso da embreagem e sem a necessidade de aliviar o acelerador. A transmissão final é feita por corrente.

A moto conta também com um sistema de indução forçada de ar (Ram Air) que, em altas velocidades, eleva a potência a 210 cv. Fora do Brasil, a Kawasaki oferece ainda a H2 R, versão de corrida da moto que não pode ser homologada para as ruas. Ainda bem, pois, nessa configuração, a Ninja entrega 300 cv.

As demais novidades ficam por conta da adoção de um quadro de treliça para melhor dissipação do calor, balança traseira monobraço e freios da marca Brembo: disco duplo de quatro pistões e 330 mm de diâmetro na dianteira e simples de dois pistões e 250 mm na traseira.

Uma das vantagens de ter apenas um braço apoiando a roda traseira é a possibilidade de alocar o escapamento mais ao centro da moto, melhorando a distribuição dos 238 kg da esportiva, além de permitir uma maior inclinação em curvas para ambos os lados.

A Ninja H2 usa rodas de 17 polegadas atrás e na frente, enquanto a moto em si mede 2,1 m de comprimento, 0,8 m de largura, 1,1 m de altura e 1,5 m de entre-eixos. O assento está a 825 mm do chão e abaixo da linha do guidão para oferecer melhor conforto de pilotagem.

Interessou-se? Então corra, pois a marca trará apenas 28 unidades da superesportiva para o Brasil.

Mais novidades para 2016

A Kawasaki aproveitou o lançamento da Ninja H2 para apresentar outras novidades que chegarão ao mercado brasileiro ao longo do primeiro semestre de 2015, mas ainda sem preços definidos. Confira o que mudou:

Kawasaki Z300: A aguardada versão naked da Ninja 300 finalmente deu as caras. Com visual inspirado nas motos 750 que a marca oferece com a mesma proposta, compartilha o motor de dos cilindros paralelos refrigerado a líquido e tem freios ABS como opcional.

Kawasaki Versys 650, 1000 e 1000 GT: Remodeladas para a linha 2016, as motos da família Versys ganharam faróis duplos na dianteira e pequenas revisões no motor. A 650 (dois cilindros paralelos) gera 64 cv, enquanto as 1000 (quatro cilindros em linha) entregam 120 cv. Uma das novidades da Versys 2016 será a introdução das versões GT para ambas as motorizações. O pacote inclui conjunto de bauletos traseiro e laterais, faróis de neblina e para-brisa ajustável.

Kawasaki Vulcan S – A linha custom da marca foi renovada com a adoção de um novo conjunto ótico e o painel de instrumentos herdado da esportiva ER-6N. Da naked também veio o motor 650 de dois cilindros paralelos, mas acertado para entregar um pouco menos de potência (61 cv) e mais torque em baixas rotações

Scooter BMW C 650 GT chega ao Brasil por R$ 53.900 Range Rover ganha versão topo de linha